Cinematografia

OMS regista 226 ataques a hospitais na Ucrânia

A Organização Mundial de Saúde (OMS) anunciou, esta terça-feira, que registou 226 ataques a unidades de saúde ucranianas, desde o início da guerra. Como resultado, 75 pessoas morreram e 59 ficaram feridas, escreve o Observador.

“São quase três ataques, em média, por dia”, afirmou o director regional da Organização Mundial de Saúde para a Europa durante uma conferência de imprensa em Kiev, na Ucrânia.

Neste momento, a OMS pode confirmar que estes ataques causaram pelo menos 75 mortos e 59 feridos, refere o gabinete da região europeia da OMS, que também abrange a Rússia e várias antigas repúblicas soviéticas, sem avançar mais detalhes sobre as vítimas por razões de segurança.

Kluge, que visitou na segunda-feira instalações de saúde afectadas por conflitos na região de Chernigov, no norte da Ucrânia, aproveitou a ocasião para expressar o seu “imenso apreço e admiração” pelos profissionais de saúde ucranianos.

“Eles têm demonstrado uma tremenda coragem e dedicação desde o início da guerra. Fazem o impossível, mantêm-se firmes e salvam vidas“, disse o responsável, citado pelo Observado.

O director regional estacou também a necessidade de fortalecer os serviços de saúde mental, uma vez que uma em cada cinco pessoas em zonas de conflito desenvolvem problemas “graves” nesta área, e para apoiar sobreviventes de violência e abuso sexual.

Até agora, segundo Kluge, a OMS forneceu à Ucrânia mais de 500 toneladas cúbicas de material médico, incluindo medicamentos, equipamentos para o tratamento de doentes, ambulâncias e geradores elétricos.

Mostrar Mais

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Botão Voltar ao Topo